• São João da Bahia

Noticias

22/03/2017 11:20

ADAB promove ações de vigilância e esclarecimentos sobre raiva animal

ADAB promove ações de vigilância e esclarecimentos sobre raiva animal


A Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB), órgão vinculado à Secretaria da Agricultura (SEAGRI), desenvolveu ações de vigilância epidemiológica para raiva de herbívoros e educação sanitária para produtores rurais, agentes comunitários de saúde, alunos, médicos veterinários e secretários de Agricultura e Saúde, dos municípios de Paramirim e Érico Cardoso. A ação se deu em resposta ao falecimento de um homem que residia na área rural de Paramirim, diagnosticado com raiva, após ter sido mordido por um morcego.

Além da ADAB, houve a participação da Secretária de Saúde, através de DIVEP (Divisão de Vigilância Epidemiológica da Bahia), As ações foram desenvolvidas de 13 a 17 deste mês, além das atuações de vigilância epidemiológica, educação sanitária, busca de abrigos para morcegos hematófagos da espécie "Desmodus rotundus", principal transmissor da raiva em herbívoros, com o objetivo de prevenir, controlar e informar à população sobre a raiva em herbívoros.

Coordenador do programa de controle da raiva dos herbívoros, José Neder, explica que "foram mobilizadas seis equipes da ADAB compostas por servidores das coordenadorias regionais de Irecê, Feira de Santana, Salvador e Guanambi". Neder acrescenta "foram realizadas 65 visitas à propriedades na área perifocal, vistoriados mais de 400 animais e notificados para realizar a vacinação antirrábica imediatamente, com posterior declaração no escritório da ADAB. As equipes também orientaram sobre a prevenção da raiva em herbívoros e humanos, e como realizar o controle seletivo indireto do morcego vampiro na região, a partir do uso da pasta vampiricida no local dos ferimentos nos animais".

O Diretor de Defesa Animal, Rui Leal, alerta "que todos os produtores devem notificar a ADAB, quando tiverem animais com suspeita de sintomas nervosos, não manipularem este animais ou outros animais como morcegos e raposas, que podem estar com vírus e ser transmitido ao homem. É importante que toda todos os animais sejam vacinados contra a raiva, e que os produtores realizem a declaração nos escritórios da ADAB".



Wagner Machado
Assessoria de Comunicação
noticia.ascom@adab.ba.gov.br
www.adab.ba.gov.br
Tel./Fax: (71) 3116-8461



Fonte: ASCOM/ADAB-BA

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.