• Geolocalização de Propriedades
  • CORONA VÍRUS

Noticias

10/09/2021 14:28

Adab capacita agrônomos de Goiás para prevenção contra HLB dos citros

A metodologia de trabalho preventivo contra a Huanglongbing dos Citros desenvolvida há 10 anos na Bahia é referência nacional. Por isso, a Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) requisitou treinamento de suas equipes pela Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) já que a HLB é uma das principais pragas da citricultura em todo o mundo. Em Maio deste ano o Ministério da Agricultura instituiu mudanças dentro do Plano Nacional de prevenção e Controle da Huanglongbing dos Citros, referendando diversas metodologias da Adab para o controle e prevenção da praga e reconhecendo áreas no Brasil com e sem a ocorrência da doença, caracterizada por provocar desfolha, seca e morte de ramos. Já os frutos apresentam maturação irregular, redução do tamanho, deformação e queda intensa.



a



 

O objetivo do treinamento elaborado pela Adab foi capacitar a equipe técnica de Goiás acerca da metodologia de monitoramento da invasão do HLB em território goiano e apresentar como a Bahia vem realizando as ações de prevenção. Outra atividade realizada foi a de monitoramento mediante a captura do inseto vetor em Rotas Sentinelas, uma metodologia proposta pelo Projeto HLB BioMath, parceira da Adab, junto com a Embrapa Mandioca e Fruticultura. “Estas ações são fundamentais para ampliar a rede de pesquisa e colaboração entre estados brasileiros livres do HLB dos citros, o que leva, de imediato, ao fortalecimento da defesa fitossanitária”, avaliou o diretor geral da Adab, Oziel Oliveira.



a



 

Para o diretor de Defesa Vegetal da Adab, Celso Filho, os treinamentos e capacitações se tornam ferramentas eficazes em áreas não infectadas. “Agir preventivamente significa estar devidamente preparado para situações de crise. Com relação ao HLB, a realização da caracterização anual do status se faz necessária para manter a doença longe das plantações do estado e para compreender melhor o patossistema que envolve uma bactéria e um inseto vetor”, completou o diretor da DDSV, acrescentando que a Agência segue as mudanças estabelecidas pela Portaria Ministerial nº  317/21.

 

As atividades em Goiás foram acompanhadas sob a orientação de Suely Brito, coordenadora de Desenvolvimento Fitossanitário.



a


 

 

 Ascom Adab 10/09/21

Tel. 99948-8385 / 3194-2044




Fonte: ASCOM / ADAB

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.