• Campanha Febre Aftosa 2021.2
  • Geolocalização de Propriedades
  • CORONA VÍRUS

Programa Nacional de Vigilância para Febre Aftosa

A Bahia foi um dos estados pioneiros no combate a Febre Aftosa. 

Em 1968 iniciaram-se ações básicas de controle do trânsito e vacinação, executadas pelo Grupo Executivo de Erradicação da Febre Aftosa – GERFAB. A partir de 1992 foram criados os circuitos pecuários para a implantação do Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa – PNEFA com a integração dos setores produtivo e privado sob a coordenação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento– MAPA. Em 1994 criou-se o Departamento de Defesa Agropecuária da Bahia / DDA  que saneou o estado de focos de Febre Aftosa em  1997, criando a condição sanitária favorável, para mais tarde a Agência Estadual de Defesa Agropecuária /ADAB certificar o estado da Bahia com reconhecimento  de livre de Febre Aftosa com vacinação em 2001 pela organização Mundial de Saúde Animal / OIE

Recentemente em 2017 o MAPA publica o Plano Estratégico 2017 a 2026  que prevê a substituição gradual da vacinação no Brasil contra Febre Aftosa por outras medidas de mitigação de risco e vigilância epidemiológica, nesse contexto o estado da Bahia através da ADAB vem se adequando a nova e histórica realidade de fortalecimento de seus serviços veterinários, sua estrutura e capacidade de intervenção em possível ocorrência  desta enfermidade, para   se obter em breve a condição de livre de Febre Aftosa sem vacinação, certamente uma grande conquista para toda economia Estadual e para o setor produtivo.

Coordenador(a):  José Neder Moreira Alves
Telefone: (71) 3194 2034
E-mail: joseneder.moreira@adab.ba.gov.br



Recomendar esta página via e-mail: