• Hemoba Prodeb

Noticias

04/02/2019 12:36

ADAB terá 43 vagas para o programa Partiu Estágio

O programa Partiu Estágio, do Governo do Estado, está com as inscrições abertas. Até o dia 24 de fevereiro, estudantes do nível superior matriculados em cursos presenciais de universidades baianas, que tenham concluído no mínimo a metade da carga horária, podem se inscrever através do site www.programaestagio.saeb.ba.gov.br. Para a Agência de Defesa Agropecuária (ADAB), inicialmente, terão 43 vagas disponíveis para os estudantes que queiram atuar na agência.

As vagas serão distribuídas na sede e no interior. As vagas são para a área administrativa, Agronomia, Ciências Biológicas, Ciência Contábeis, Jornalismo, Design, Engenharia de Pesca, Medicina Veterinária e Sistemas de Informação. Em todo o Estado são 2.325 novas vagas remuneradas, disponíveis em 62 órgãos estaduais de 49 municípios do estado. Têm prioridade estudantes portadores de deficiência, aqueles que estão cadastrados no CadÚnico dos programas sociais do Governo Federal, e quem cursou todo o Ensino Médio da rede pública ou como bolsista na rede privada.

a

O edital com todas as informações está disponível no site do programa. Há oportunidade para 109 cursos diferentes. Porém, se o estudante faz licenciatura, mas a vaga disponível for em bacharelado, ele não pode que se inscrever. “O estágio tem que ser feito no curso que o aluno faz. O sistema já prevê que ele pode fazer inscrição para até três órgãos, no curso que ele faz na universidade, nos municípios que ele reside ou estuda. A Lei de Estágio exige que tenha um profissional que supervisione o estágio porque, se órgão não tiver um supervisor da área, o estágio não terá validade”, explicou o coordenador do Partiu Estágio, Agnaldo Barbosa.

São 20 horas semanais, com bolsa-estágio de R$455 e auxílio-transporte. “Minha expectativa é que acrescente mais ao meu currículo. A maioria dos estágios não tem bolsa e eu preciso correr atrás”, afirmou Rafael, que vai concorrer a uma vaga na Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), Secretaria de Saúde (Sesab) e no Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).

Fonte: ASCOM - ADAB (Com informações ASCOM - SAEB)

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.