• Minimanual virtual Planserv

Noticias

14/03/2019 10:00

Secretário de agricultura e diretor-geral da ADAB promovem reunião técnica para tratar da defesa agropecuária

Para fortalecer ainda mais as ações de defesa agropecuária, o Secretário de Agricultura (SEAGRI), Lucas Costa, esteve reunido com o diretor-geral da Agência de Defesa Agropecuária (ADAB), Bruno Almeida, e os diretores técnicos da agência. A reunião foi realizada na última terça-feira (12) contou também com a presença de servidores dos dois órgãos. Além disso, os gestores estiveram no Curso de Sistema de gestão da qualidade para laboratórios segundo a NBR ISSO/IEC 17025.2017 e também com a comissão de territorialização.

Durante a reunião foram apresentados dados técnicos bem como números administrativos da agência, uma nota técnica sobre a Peste Suína Clássica, o Projeto de Modernização, prestação de contas e relatório anual 2018 da agência, atuação do FUNDAP e como funcionam as auditorias do Ministério. “É fundamental essa troca de dados. A ADAB está vinculada a SEAGRI. É importante que o secretário fique por dentro dos nossos avanços, mas também das nossas necessidades. É bom que os servidores que atuam lá na ponta possam perceber que o Governo do Estado está atuando para fortalecer a agência e, consequentemente, a defesa agropecuária”, enalteceu o diretor-geral da ADAB, Bruno Almeida.

Já o secretário, Lucas Costa, disse que terá uma agenda com o Governador, Rui Costa, nos próximos dias, e que vai levar para ele a real situação da ADAB. “Estou muito feliz com esse processo de evolução da agência. Os avanços da gestão e o comprometimento técnico em realizar a defesa. Mas, também precisamos evoluir em outros quesitos. Então, vamos levar para ele exatamente essas necessidades. O Governador tem buscado investir nos órgãos para proporcionar desenvolvimento econômico e garantir a saúde pública”, finalizou.

Essa é a segunda agenda do secretário na agência. A proposta é que sempre sejam feitas reuniões para acompanhamento, planejamento e avaliação das ações de defesa.

Fonte: ASCOM - ADAB

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.